• melaniamarques

Existe diferença entre o sono na mulher e no homem?

Atualizado: 10 de mai.

O sono das mulheres pode sofrer alterações ao longo do tempo tanto com o envelhecimento como em circunstâncias específicas. As mudanças nos níveis hormonais associadas ao ciclo menstrual, gravidez, menopausa e pós-menopausa podem afetar a qualidade do sono nas mulheres.


Durante o período menstrual é comum ter um aumento de despertares noturnos e de sonhos vívidos. Geralmente, esses eventos se resolvem espontaneamente com o fim do período menstrual, porém em algumas mulheres eles podem continuar.


Já entre as grávidas, 66 a 94% delas relatam alguma mudança no sono ao longo da gestação. No primeiro e no segundo trimestre de gravidez, o aumento no nível do hormônio progesterona pode piorar a qualidade do sono levando as grávidas a se sentirem mais cansadas durante o dia e com maior necessidade de dormir. No terceiro trimestre da gestação, a presença de dores no corpo, câimbras, queimação, idas frequentes ao banheiro durante a noite, ficar desconfortável em algumas posições e os próprios movimentos do bebê podem refletir diretamente em sono de má qualidade. E mais desafios com sono acontecem após a chegada do bebê e as demandas de amamentação e cuidados. Os estudos sugerem que mulheres com problemas significativos de sono como insônia ou má qualidade de sono estão mais propensas a desenvolver depressão pós parto.


Seguindo a linha do tempo chegamos na menopausa. Nessa fase ocorre uma redução do sono profundo e alterações nos níveis de estrógeno levando a ondas de calor, sudorese e palpitação que interrompem o sono. Isso resulta em cansaço, alterações do humor e até depressão que pode acometer 20% das mulheres durante esse período. Finalmente, na pós-menopausa a falta da progesterona aumenta o risco de desenvolver Apneia Obstrutiva do Sono cujos sintomas incluem roncos, engasgos e pausas respiratórias durante o sono, sonolência e cansaço diurnos.

Em todas essas situações uma avaliação com um médico do sono, com diagnóstico e acompanhamento de possíveis distúrbios pode trazer de volta suas noites de sono tranquilas!




15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo